"Saudades"

Saudades!!!!
Palavra composta de quatro vogais e quatro consoantes, que quer dizer tudo e não diz nada.

Na saudade está o silêncio... será que se escreve saudades com S de silêncio?

Quem inventou está palavra?
Será que sabia quantos sentimentos existia neste conjunto de letras?

Por que não vontade louca de saber de ter de ver?
Por que não medo, insegurança, incerteza?
Por que não desejo de voltar....?

Será que o A de saudades é o A de Até breve?

Será que saudade é para rimar com felicidade?
Não!!!, Saudade rima com dor..., se rimar com felicidade seria a de reencontrar, mas aí já não é saudade, aí vira realidade...

E o U da saudade?
Será de ultimamente?
Será de únicamente?
Ou será um U de um urro de dor?

Saudades!!!!!!!
Palavra pequena para transmitir tantos sentimentos.
Não descreve nosso amanhecer sem você.
Não descreve as horas das refeições, nem daquele gostoso papos de fim de noite.
Não descreve tua cama vazia, nem meus sonhos em conflitos.

E o D da saudade?
Será de quanto em quanto tempo?
Será que por isto ele se repete?
Ou será o D do Dedo de Deus?

Mas que palavra é essa, que não descreve nada!!!!!
Não fala em afago, em carinho, em você
Não reflete teu rosto, nem teu sorriso bonito, com tuas covinhas na face que o fazia mais doce, mais perfeito.

E o E da saudades?
Será de estar junto?
Será de esperança?
Ou será de eu te amo?

Saudades, palavra tão pequena... mas poderia ter um acróstico, que cada vogal ou consoante teriam infinitas explicações, descreveria infinitos sentimentos, que molhariam lenços e fronhas....

Saudades!!!!!
Será de novo o S do silêncio?
Ou o S de sofrer?
Ou o S de Será?

Será que a palavra saudades, esta relacionada com sonhar?
Será que significa voltar?
Ou saudades é um eterno esperar........

"Fernanda Queiroz
(Direitos Reservados)" C.A.

"Can't Take My Eyes Off You"

http://www.youtube.com/watch?v=l9giUQ5In6c&feature=related





Esta sou eu!!!!

http://4.bp.blogspot.com/__t99qCa1JKI/ScOZoFE63NI/AAAAAAAAACM/rDm5nOVqfp0/s400/sensual%2520333.jpg
Eu sou quem no mundo anda perdida,
Eu sou quem na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada... a dolorida...

Sombra de névoa ténue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo para me ver
E que nunca na vida me encontrou!
(By:Florbela Espanca)

Esta sou EU...

C.A.



"Hoje, ouço o teu som no nada"


Hoje, ouço o teu som no nada,
onde permaneces e me inquietas.
Sinto-te no esquecimento, creio-te em mim.
Porquê? Pergunto-te eu…
tu respondes-me com silêncio, o teu silêncio…
A noite é longa, o frio atravessa-me aos poucos,
deixo-me ir na tua melodia, linda, gelada,
som indefinido.
olho-te em mim e ignoro-te,
Tu chamas por mim! Dizes que me queres!
Eu ignoro-te nas tuas mentiras…
o teu veneno sublime, teu encanto!
Levanto-me, aproximo-me da janela, olho o céu.
Está escuro, as estrelas tremem com a brisa gelada,
tu continuas lá,
uma melodia que toca eternamente em mim, que me corta,
uma melodia que me encanta com o desespero do nada,
a não existência de um Eu em Ti,
o vazio, a indefinição do real.
Volto para a cadeira onde estava, olho para o papel,
nele vejo as lágrimas de quem chorou sem saber a causa.
O sofrimento da tinta que choraste em mim,
e eu vejo-te agora nos meus pensamentos,
esboço-te no nada,mas com o silêncio no teu tudo...

C.A.

Saudades tuas!!!


Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...
Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos magoa,
é não ver o futuro que nos convida...
Saudade é sentir que existe o que não existe mais...
Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás, é
o gosto de morte na boca dos que continuam...
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
"aquela que nunca amou."
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar
pela vida e não viver.
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido..."
by: Pablo Neruda

Na tua...minha boca!!!


Ahh minha boca apimentada

Ardente em busca da tua

Corrupta, semeando

Desejos e sedução

Procuro o teu colo desnudo

Mergulho no teu mel

Embriago-me de amor

Desnudo teus pudores

Deslumbro o tesão reprimido

A tua carne trêmula

que percorro com minha boca quente

Apimentada e ardente

Corrompendo de forma leviana

Teu sexo, tua intimidade invadida

Na minha boca quente

Misturada em gozos apimentados!!!


C.A.

Não tem nada a ver!!!


Não tem nada a ver (ou talvez até tenha)!

Em qualquer caso a tentação é muita:

"Satânico é o meu pensamento a teu respeito e ardente é o meu desejo
de apertar-te em minha mão, numa sede de vingança incontestável pelo
que me fizeste ontem.

A noite era quente e calma e eu estava em minha cama, quando,
sorrateiramente, te aproximaste. Encostaste o teu corpo sem roupa no
meu corpo nu, sem o mínimo pudor! Percebendo minha aparente
indiferença, aconchegaste-te a mim e mordeste-me sem escrúpulos. Até nos mais
íntimos lugares. Eu adormeci.


Hoje, quando acordei, procurei-te numa ânsia ardente, mas em vão.
Deixaste em meu corpo e no lençol provas irrefutáveis do que entre nós ocorreu
durante a noite.

Esta noite recolho-me mais cedo, para na mesma cama te esperar. Quando
chegares, quero te agarrar com avidez e força. Quero te apertar com todas as
forças de minhas mãos. Só descansarei quando vir sair o sangue quente do teu
corpo.

Só assim, me livrarei de ti, mosquito filho da ....!"

By(Carlos Drummond de Andrade)


C.A.

"Je T' Aime Moi Non Plus!!!"



C.A.

Sonhos sensuais!!!


"Ao cairmos nos braços de Morfeu nos entregamos aos prazeres empíricos, próprios dos desejos oníricos.
Onde podemos ser e ter tudo o que quisermos nesse universo de faz de contas, de sonhos molhados e alteregos trocados.
Nós podemos imaginar que ao nosso lado pode estar o "objeto" por nós desejado e que podemos amá-lo sem tempo marcado.
Viajar no nirvana sexual da maneira mais plena e sensual.
Sentir calafrios por todo o corpo, arder em desejo e poder amar sem receios.
Amar...Amar...Sem limites a lhes podar.
E sem perceber entramos na seara do onde tudo pode acontecer.
A carne, na carne!
Numa entrega sem igual onde viajamos nas ondas fantásticas das fantasias para lá de sensual.
Levando-nos a territórios insólitos e inexplorados num imenso turbilhão enchendo-nos de muito tesão!
Como é bom saber que podemos ter de tudo, que é só querer ao nosso belo prazer!
Basta para isso um simples adormecer.
E assim em cada anoitecer navegamos milhas e milhas só para beber da fonte do querer.
Sonhos sensuais cuja mera projeção nos faz sair do chão e seguir em frente nas asas da imaginação.
A vida real é muito dura, mas no mundo de Morfeu ela é fantasia pura!
Onde os sonhos nos levam para onde o desejo mandar com a nobre missão de esquecermos tudo que deixemos cá!
Sonhos sensuais ou simplesmente manifestações extrasensoriais. Não importa!
O que importa mesmo é poder sonhar com tudo aquilo que nos cause bem estar."


Autor: Francisco Gilbens Bezerra Franco


C.A.

Para sempre...Tua!!!